terça-feira, 18 de outubro de 2011

Sobre ansiedade, inseguranças e canalizações!

Vi um post no blog Little Doll House falando sobre a necessidade que as pessoas tem de ser aprovadas pelas outras. Ao lê-lo me identifiquei, não com o que ela postou sobre ela, que não liga e vai vivendo e foda-se o mundo.Admirei...sério, de muitão!
Admirei porque pensei no quanto sou vulnerável...e tá aqui expondo minha fraqueza pode não ser algo bom pra mim, mas senti necessidade!
Eu não sei em que droga de momento de formação da minha personalidade que se moldou assim, sempre se importando com a opinião alheia. É burrice? Eu sei...e tenho buscado a cada dia melhorar esse traço tão meu!
Sempre fui assim, se eu chegar num local e não gostarem de mim, putz.Fico mal! Sou tão acostumada a gostarem de mim sabe...os professores da escola, os amiguinhos da sala...
E sei o quanto isso nos torna vulneráveis, porque sempre existirá pessoas dispostas a estragar nosso dia.Seja com um comentário venenoso, daqueles que minam sua auto estima.Sejam com grosserias...e eu como pessoa reativa que sou, me deixo abalar!E isso me faz tão mal, meu namorado diz que acha engraçado porque sou como um reator, aperta um botãozimho e estou pilhada, querendo matar um, duma raiva que vem como onda e perturba todo meu organismo, num grau menor ou maior dependendo do nível de estresse.
Não por coincidência vivo tendo sintomas psicossomáticos, desde que me entendo por gente.falta de ar, vontade de vomitar em momentos de estresse agudo...palpitações então??Já fui até no cardiologista devido as arritmias constantes e o que ouvi? Vai num psiquiatra...na época me assustei claro.Tava me chamando de louca é? Depois entendi, a ansiedade em mim é quase ou totalmente patológica!
E é tão ruim ser assim sabe...se tenho um problema, não paro de pensar...NUNCA! eu acordo com ele na cabeça, durmo com ele, é um suplício porque até sonhar eu sonho, ou seja, nem na hora de dormir minha mente descansa!
Já pararam para pensar como é idiotice deixar nas mãos de pessoinhas o decorrer do nosso dia, o fato dele ter sido bom ou não? Que burrice é dá esse poder a qualquer pessoa que não a nós mesmos??TEMOS QUE MENTALIZAR SEMPRE: Não darei a qualquer pessoa o poder de decidir o quão legal será meu dia. É muita ousadia permitimos que fulaninhos nos abalem né?
Preciso urgentemente canalizar essa característica minha, para meu bem. Preciso não tentar pensar sempre no que estão pensando sobre mim e viver sem me importar tanto com a opinião alheia, a não me abalar com tamanha facilidade.Falando assim é tão fácil né? mas pôr em prática é um problema...E vocês, o que fazem? como canalizam isso? Me ensina a receita??








Créditos:
Blusa marisa
Calça marisa (antiiiga)
Colares feitos por mim
Sandália Pool
Perfume Petit-Avon (com o calor que tá fazendo é uma boa pedida)

11 comentários:

Tati disse...

Seu texto merece uma igual reflexão, igual ao post da Line porque eu penso que todo ser humano tem essa necessidade de aceitação. Mas aos poucos a gente vai aprendendo (depois de muita porrada, diga-se de passagem), que essas pessoas que te criticam estão bem piores que você e se elas enxergam defeitos em você inexistentes, é porque tem uma espécie de defesa para não enxergar os dela. Você tem que se auto conhecer, saber quais são suas verdadeiras fraquezas, para trabalhar nelas e não deixar que esses comentários dessas pequenas pessoas te atinjam. Esse fim de semana aconteceu uma coisa engraçada comigo. Eu vi no facebook que um grupo de amigas saíram juntas e não me chamaram. Na hora me veio aquela raiva sabe, tipo, puta que o pariu, que falsidade, porque não me chamaram? Até eu perceber que mesmo que elas tivessem me chamado eu não iria kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk Então para que me incomodar com algo que eu nem queria, só para que não me deixassem de fora? E não fiquei chateada como eu costumava ficar. Não sei se essa é a fórmula, nem sei se existe fórmula, mas comigo funciona assim hehehe
Beijosssssssssssss e você é lindaaaaaaa, charmosa, engraçada e inteligente, não deixe que te façam pensar o contrário ;)
Tati

Marcela! • disse...

Não se deixe levar pela opinião dos outros, você é MAIS você!
Faça o que considera ser bom pra ti, sem pensar no que os outros vão achar e dizer!
:D

Você é linda, tem que ser você mesma!



Beijos!
:*

Anônimo disse...

Fia você falou tudão que eu penso, eu também tenho ansiedade crônica, muita mesmo, já sofro com insônia e queda de cabelos: A tal da ansiedade! E o fato de querer ser aceita o tempo todo, mas sou o contrário de você no fato: Não estou acostumada em ser aceita, PQ eu nasci com a frase na testa: OU me ame ou me odeie, tenho opinião demais, falo demais, já fiz mil amigos, mas já perdi uns 500 que interpretaram mal meus pontos de vista, e assim sigo tentando e não conseguindo agradar, até que chegou a hora, mas para falar esse ano que eu gritei: LIBERDADE! Chega de lutar pra ser aceita, vou ser eu e pronto, é diário, eu oro todo dia pra ser alguém melhor, tipo um mantra, mas melhor para mim e não mais para os outros, bjo moça!
Erica Souza ( a mala do seu face, rs)

Taís Abambres Tayar disse...

Coloque-se sempre em primeiro lugar...
O que você quer, o que você pensa, como se sente bem... o resto vem depois...
By the way, adorei o look e a sua tatoo é linda!!!!!
Beijokas, Taís

Glamour e Glacê

http://www.glamoureglace.com

Bárbara disse...

Arrasou no look, amei sua sandália.


Querida, vem participar do sorteio em meu blog:

Baseado na máxima que todas nós somos barbies, estou realizando um sorteio no meu blog com o intuito de reavivar o nosso sonho de infância em ser linda por dentro e por fora:

http://barbieesanrioavenda.blogspot.com/
bjs,
barbie.

Mah.... disse...

FODAM-SE TODOS! frase da minha vida bebê!

Anna Kuhl, diga kil disse...

Fia,
Eu também sou assim, é um inferno. Me identifiquei com o post da Aline, e com o seu também!
Com o passar dos anos (ai, tô véia) a coisa melhorou bastante, eu comecei a por em prática essa sua frase - não deixar ninguém decidir como o meu dia vai ser. É uma questão de treino, a cada dia o botãozinho "tô nem aí" vai funcionando melhor.
Bjos
Anna

Nanda disse...

Linda... pois é, vc acabou de fazer 25 e eu já tou com quase 40!!! rsrs... Mas, detesto dar uma de 'conselheira'...rs.. contudo, pelo que já vivi e estudei.. a gente nunca, nunca satisfaz ninguém... nunca atende aos anseios dos outros, até pq a sociedade sempre quer mais, sempre quer o 'ideal'... e nao existe 'in fact'...
Eu simplesmente vivo, penso em mim, nos meus filhos, 'os outros.. sao os outros, e só' igual à música!!!
À propósito, o look tá massa, leve e superbonito!!!
Bjs!!!

Aline Aimée disse...

Oi, querida!
Olha, adorei a opinião da Tati.
Mas uma das coisas que me fez ligar o foda-se foi perceber que as pessoas pelas quais eu esperava ser amada muitas vezes me decepcionavam ou estava presas a certos tipos de estigmas incoerentes e limitadores.
Não há nada como se conhecer bem e sempre buscar entender o que é importante para nós mesmas. As pessoas são diferentes, inseguras e têm muito medo das coisas que não entendem. Agradar todo mundo é impossível, compreender isso é libertador.
Vc é tão bonita, estilosa, inteligente. Sempre haverá pessoas para interagir contigo.
A gente não pode condicionar a nossa alegria, nossa satisfação à reação e ao comportamento das outras pessoas.
Seja vc mesma e aproveite cada minuto!
=)

Beijão!

Tálita disse...

Pura verdade. Hoje em dia a sociedade está tão exigente o que faz com nos tornemos exigentes também. Me refiro a todas as coisas: amor, emprego, aparência, etc... E com isso nos cobramos o sucesso em tudo sem nos dar conta de que o ser humano não é perfeito. Erramos! Não somos perfeitos.
Por mais dificil que seja devemos acreditar sempre no pensamento positivo e energias postivas. Isso tira o peso das coisas...Se nos colocarmos p baixo o tempo acaba calhando das pessoas enxergarem isso também. As palavras tem poder...acredito nisso.
O problema é colocar em prática. Quando possivel, coloque, e veja como as coisas irão mudar. ;)

josiane almeida disse...

concordo plenamente com tudo,pois sou igual,a ansiedade toma conta de uma tal forma que tenho crises de ansias de vômitos,mãos geladas,pressão baixa,é muito assustador!!!!gostei muito de saber que ñ sou só eu que tenho tentado vencer essa sindrome!!!bjim